06/01/2021 às 08h51min - Atualizada em 06/01/2021 às 08h51min

Casal é chamado em portão e executado a tiros

Para a polícia, a principal suspeita é de que as mortes tenham ligação com o tráfico de drogas

Campo Grande News
Caelos e Lubiana morreram no local, antes da chegada do resgate. (Foto: Alisson Silva / Coxim Agora)
Carlos Alberto Ferreira, o “Biguá”, de 50 anos, foi executado a tiros na noite desta terça-feira (6), na casa onde morava em Coxim. A namorada dele, identificada como Lubiana da Costa Silva, de 27anos, estava no local e também foi baleada e morta por dupla de atiradores que invadiu a casa.

O crime aconteceu no Bairro Senhor do Bonfim depois de um casal bater palmas na frente da residência. Quando Carlos saiu para atender, foi surpreendido por tiros de pistola nove milímetros. Ele correu para os fundos, mas foi seguido e, segundo a perícia, baleado de sete a nove vezes. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na sala do imóvel antes da chegada do resgate,

Já Lubiana tentou se esconder no quarto, mas os criminosos invadiram o local e também balearam a mulher com três tiros, dois deles na cabeça.

Para a polícia, a principal suspeita é de que as mortes tenham ligação com o tráfico de drogas, já que “Biguá” era velho conhecido da polícia pelo crime, e estava em liberdade há 1 ano. Na casa, inclusive, foram encontrados papelotes de pasta base e segundo investigações, a casa era ponto de venda de drogas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco
FALE COM A EQUIPE NAVIRAÍ NA NET
Envie sua sugestão, reclamação e denúncia.