MENU

10/01/2020 às 09h41min - Atualizada em 10/01/2020 às 09h41min

Presidente da câmara reúne-se com TCE e discute redução da tarifa

Vereador João Rocha (PSDB) se reuniu nesta quinta-feira (09) com técnicos do TCE (Tribunal de Contas do Estado)

Campo Grande News
Presidente da Câmara de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB). (Foto: Henrique Kawaminami)
O presidente da Câmara de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB) se reuniu nesta quinta-feira (09) com o conselheiro Waldir Neves e outros técnicos do TCE (Tribunal de Contas do Estado), para se inteirar sobre as questões apontadas como irregulares no contrato entre a prefeitura e o Consórcio Guaicurus, que levaram a suspensão do aumento da tarifa de ônibus na Capital.

João Rocha ressaltou que a câmara vai acompanhar a resolução do impasse, para daí propor um novo encontro em que serão esclarecidas possíveis dúvidas sobre o reajuste. A administração municipal e o consórcio tem até 5 dias para responder aos 14 pontos problemáticos, que impediram o aumento da tarifa de R$ 3,95 para R$ 4,10.

“Há um contrato que precisa ser seguido, dentro dos seus critérios técnicos, tanto pela prefeitura quanto pelo consórcio, então vamos aguardar as explicações das partes, estas análises técnicas para daí propor um novo encontro. O meu entendimento é de que qualquer dúvida, precisa ser esclarecidas até para que seja definido o que é bom para a empresa, a prefeitura e o usuário. A câmara tem essa preocupação até porque representa o cidadão”, comentou.

O Consórcio Guaicurus já protocolou o pedido de reconsideração da decisão do TCE (Tribunal de Contas do Estado) que determinou a redução da tarifa. O pedido segue agora a para a divisão de contratos do TCE onde será avaliada por uma equipe de técnicos e em seguida retorna para um novo parecer de Waldir Neves, conselheiro relator da liminar que suspendeu o aumento.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco
FALE COM A EQUIPE NAVIRAÍ NA NET
Envie sua sugestão, reclamação e denúncia.