MENU

02/12/2019 às 09h11min - Atualizada em 02/12/2019 às 09h11min

Adolescente de 15 anos tenta fugir, mas é morto a tiros na fronteira

Rapaz estava tomando tereré na frente da casa onde mora com os amigos

Campo Grande News
Corpo de adolescente de 15. Vítima tentou fugir, mas foi baleado três vezes (Foto: Divulgação)
Adolescente de apenas 15 anos, Luís Maria Jara, foi morto a tiros em frente a casa onde vive, na tarde de sábado em Ponta Porã, cidade de fronteira entre Brasil e Paraguai, a 323 km de Campo Grande. Ele tentou fugir, mas foi morto, baleado três vezes.

A fronteira segue em guerra e no aniversário de Pedro Juan Caballero as disputas por rotas e logísticas do tráfico internacional de drogas, entre outros motivos, continua fazendo novas vítimas. Durante uma festa, tiroteio deixou dois mortos e sete feridos, a maioria, jovens em bairros periféricos.

Luis tomava tereré junto com amigos na frente da casa no bairro Obrero, que divide Paraguai e Brasil, quando foi surpreendido, conforme o MS em Foco. Dois homens se aproximaram dele em uma motocicleta. Ele tentou correr, mas foi perseguido e morto pelos disparos.

Depois do crime os dois assassinos fugiram e ainda não foram identificados. Segundo o site, o caso segue sob investigação da Delegacia de Menores de Pedro Juan Caballero.

No mesmo bairro, na madrugada deste domingo (1º), quando Pedro Juan Caballero comemora 119 anos de fundação, duas pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas durante festa, desta vez do lado paraguaio.

Segundo relato do site Capitan Bado, as mortes ocorreram após briga na casa noturna Quincho Alarcón, entre as ruas Sauce e Profesora Montiel Ortellado. A discussão teria sido apaziguada por um momento. Pouco depois, quatro pessoas teriam chegado ao local, de motocicletas e com capacetes escuros, atirado contra as pessoas que estavam na festa e fugido rapidamente.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco
FALE COM A EQUIPE NAVIRAÍ NA NET
Envie sua sugestão, reclamação e denúncia.