31/10/2018 às 09h11min - Atualizada em 31/10/2018 às 09h11min

Bolsonaro planeja criação de superministério da Economia

MidiaMax

Foi anunciado nesta terça-feira (30), pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), após reunião com Paulo Marinho, a fusão dos ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura. A intenção do novo governo é, assim como unir os ministérios da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e Comércio, formar um superministério da Economia.

A justificativa para a medida é a redução do número de ministérios existentes atualmente, de 29 para 16. Paulo Guedes, coordenador de economia da campanha de Bolsonaro, e Onyx Lorenzoni, deputado pelo DEM-RS, confirmaram a criação do superministério da Economia e a união dos ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura para a nova formatação pretendida.

Nesta quarta-feira (31) Lorenzoni deve se reunir com Eliseu Padilha, atual ministro-chefe da Casa Civil, em Brasília para tratativas quanto a transição do governo Temer.

Previdência

Jair Bolsonaro, durante entrevistas cedidas a emissoras de televisão nesta segunda-feira (29), afirmou irá a Brasília na próxima semana para se reunir com o presidente Michel Temer (MDB) e discutir sobre a reforma da Previdência.

Guedes e Onyx confirmaram que Bolsonaro irá, pessoalmente, conduzir o debate sobre a reforma da Previdência. “A reforma da Previdência, quem comanda essa decisão é o presidente”, informou Onyx.

Para Guedes, o processo de reforma deve acontecer o quanto antes, para que a economia do país possa avançar. “Nós estamos atrasados, essa reforma podia ter sido feita lá atrás. Agora, existe um cálculo político”, disse.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
anigif2d75e2.gifImage and video hosting by TinyPic anigif.gif